Imagens de dor e sofrimento.

Quando tudo ainda era mato no cinema de super-heróis e apenas a DC havia encontrado sucesso com os filmes de Superman e do Batman, existiram tentativas tenebrosas, para dizer o mínimo, de levar os personagens da Marvel para as telonas. O Quarteto Fantásticodo cineasta cult Roger Corman (A Loja dos Horrores) é um dos melhores exemplos desta época de missões suicidas — e se você está curioso para ver o resultado desastroso da empreitada, pode conferir o filme em todo seu “esplendor” no YouTube:

Marcado por efeitos especiais dolorosos e atuações ainda mais assustadoras, o Quarteto Fantástico de 1994 impressiona por sua baixíssima qualidade — um ótimo caso, aliás, de um filme tão, mas tão ruim que virou um clássico cult. Enquanto alguns afirmam que o projeto foi engavetado por seu pífio resultado final, outros especulam que os produtores jamais tiveram a intenção de realmente distribuir a obra, tendo rodado o roteiro apenas para assegurar o controle sobre os direitos de adaptação dos personagens.

Hoje, 24 anos após o longa de Corman, os membros do Quarteto Fantástico já foram vistos em outras três ocasiões nas telonas; a última, inclusive, foi recebida com críticas extremamente negativas por parte da imprensa especializada. Em estado de “hibernação”, os personagens devem retornar em um futuro próximo através de um novo reboot, uma vez que a Marvel finalmente resgatou os direitos sobre estas propriedades intelectuais após a compra bilionária da Fox.

O Quarteto Fantástico de 1994 deseja a todos um bom feriado.

Posts relacionados

Write a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments